Como escolher seu próximo MacBook?

Nova Escola de Marketing
05 de dezembro de 2017

Comprar um MacBook é um investimento e, como todo investimento, saber qual o melhor modelo para você é fundamental. Veja qual combina mais com você.

O Macbook é um sonho de muitos empreendedores, publicitários, executivos, designers, desenvolvedores, analistas e quem já possui o seu, dificilmente abre mão do produto.

Os fãs da marca apontam como ponto forte o design diferenciado e defendem que o computador possui um funcionamento estável e fácil de usar, e que nenhum outro notebook se compara aos modelos da Apple.

Independente se você concorda ou não com o que os usuários de Mac dizem, é inegável que, desde o seu lançamento, ele tem ditado tendências entre as máquinas portáteis e se tornou um símbolo de inovação.

Nesse artigo você vai aprender a identificar o melhor MacBook para você e vai conhecer um pouco mais sobre um dos sucessos de venda da Apple.

  1. A evolução do MacBook
  2. MacBook X MacBook Air X MacBook Pro: Qual escolher?
  3. Qual MacBook você deve comprar?
  4. Quanto custa um MacBook?
  5. Vale a pena comprar um MacBook usado?

1. A evolução do MacBook

Antes de falarmos sobre qual máquina funciona melhor para o seu estilo de uso e quais são as principais características de cada modelo, é bacana sabermos um pouco sobre o caminho que a Apple levou nesses mais de 10 anos de produção do MacBook.

A empresa fundada por Steve Wozniak, Steve Jobs e Ronald Wayne já era referência em tecnologia e design quando, em 2006, lançou o primeiro o MacBook, substituindo os modelos IBook e PowerBook, que até então eram os notebooks da marca.

O primeiro modelo estava disponível nas cores preta e branca, custava em média 1.009 dólares e sua tinha 512 MB de memória e, diferentes das versões mais novas, o MacBook de 2006 pesava mais de 2 kilos.

A partir daí, uma série de lançamentos foram realizados e, a cada vez que Steve Jobs subia aos palcos para mostrar o que o seus notebooks eram capazes, o Macbook conquistava a fama de uma das máquinas mais robustas do mundo.

Em 2008, o fundador surpreendeu os consumidores com o lançamento do Macbook Air que, segundo as palavras do próprio fundador “era o notebook mais fino do mundo”.

No entanto, o MacBook Air não tinha a mesma capacidade de armazenamento e processamento e, no mesmo ano, foi lançado o MacBook Pro, mais completo e robusto.

Nesse meio tempo, o MacBook foi descontinuado e a Apple optou por fazer otimizações nos modelos Air e Pro.

Só em 2015, o MacBook volta em um redesign, surpreendentemente mais fino que o MacBook Air e com tela de retina.

A linha de notebooks da Apple nunca foi tão variada. No entanto, para quem quer comprar, nunca foi tão difícil escolher entre o Macbook, o MacBook Air e o MacBook Pro.

2. MacBook X MacBook Air X MacBook Pro: Qual é melhor?

Atualmente, no site da Apple, você pode comprar um dos 3 modelos de Macbook listados abaixo:

  • MacBook
  • MacBook Air
  • MacBook Pro

Sim! As muitas opções podem tornar a tarefa de investir em um MacBook um pouco confusa, mas com as dicas abaixo, você estará mais seguro na hora de comprar o melhor.

Os três modelos agradam quem procura um belo design, excelente usabilidade e portabilidade. No entanto, apesar de entregarem esses três fatores, suas características e preços variam bastante.

Antes de listar as características de cada um deles, você precisa entender o que são algumas das funcionalidades que a Apple usa para divulgar o seus produtos. Sabendo o que são, sua decisão em pagar mais por elas fica muito mais simples.

2.1 Touch Bar

A Touch Bar do Macbook, a barra multifuncional e sensível ao toque que possui diferentes usos de acordo com o aplicativo.

(fonte: Divulgação/Apple)

O novos MacBooks possuem o Touch Bar, uma tela localizada na parte superior do teclado que, em tese, substitui as antigas teclas esc, f1, f2 … f12.

O Touch Bar é sensível ao toque e o que aparece vai de acordo com a sua atividade naquele momento. Em outras palavras, é como se fosse uma segunda tela destinada aos atalhos.

Ele também possui Touch ID, trazendo a segurança de impressão digital para o Mac, assim como nos celulares da marca.

2.2 Tela de Retina

A Tela de Retina é um dos benefícios mais martelados pela Apple durante os seus lançamentos. O termo Tela de Retina foi patenteado pela empresa e é usado para os aparelhos que possuem telas onde os pixels são praticamente imperceptíveis.

Na prática, outros marcas podem ter telas com a densidade de pixels semelhantes ao MacBook, mas por causa da patente, apenas a Apple usa esse termo.

2.3 Trackpad Multi-Touch

Já o Trackpad Multi-Touch, a primeira vista, pode parecer um touch pad comum, no entanto, o usuário do MacBook tem uma experiência muito mais completa.

Na prática, a força e movimento que você pressiona no trackpad influenciam na ação que aparece na tela, tornando umas das inovações mais práticas do MacBook.

2.4 Descobrindo cada modelo

Agora que você já sabe sobre alguns detalhes sobre o MacBook, já é possível comparar os 3 modelos e entender quais são os pontos fracos e fortes.

MacBook Air

Macbook Air, o mais fino notebook da Apple.

(fonte: macworld.co.uk)

  • Mais barato dos MacBooks atuais
  • Bateria com duração de 12 horas
  • Não possui tela de retina
  • Não possui Trackpad Multi-Touch
  • Altura: 0,3–1,7 cm
  • Largura: 32,5 cm
  • Peso: 1,35 kg

O MacBook Air possui Processador Intel Core i5 dual-core a 1,8 GHz e, atualmente, está disponível em duas versões, uma com 128 GB de armazenamento e outra com 256 GB.

A bateria desse modelo é uma das melhores dentre todos o MacBooks e, apesar do seu belo design, perto dos seus irmãos ele parece bastante datado.

O Air não é tão poderoso quanto os outros da família e pode frustrar gamers, designers ou videomakers, mas para estudantes e usuários bem básicos esta é uma boa opção, além de ser a mais barata.

MacBook

Macbook, o notebook de 12 polegadas da Apple com uma nova tecnologia no teclado.

(fonte: independent.co.uk)

  • O notebook mais fino da Apple
  • Possui apenas 1 entrada USB
  • Disponível em 4 cores (ouro rosa, dourado, cinza espacial e prateado)
  • Possui Trackpad Multi-Touch
  • Altura: 0,35–1,31 cm
  • Largura: 28,05 cm
  • Peso: 0,92 kg

Assim como Air, o MacBook também está disponível em duas versões, uma com 128 GB de armazenamento e outra com 256 GB.

Ele é um dos mais novos modelos e, de acordo com a Apple, sua bateria dura até 10 horas de navegação na internet.

Porém, além do preço salgado para um computador com as configurações do MacBook, é bem provável que você precise de adaptadores para usar a única entrada USB existente.

Mas se você está disposto a pagar pela leveza e design, o MacBook é uma opção de encher os olhos.

MacBook Pro

O MacBook Pro é o melhor notebook da Apple em performance e tecnologia.

(fonte divulgação Apple)

Quando o assunto é MacBook Pro há uma gama de escolhas que vão muito além das opções de cores: Prateado e Cinza Espacial.

Ao comprar um MacBook Pro você pode optar por máquinas de 13 ou 15 polegadas, com capacidade diversas. Você pode ver todos os possíveis formatos abaixo:

Para muitos, o preço salgado do modelo Pro não é justificável, mas se você não abre mão do design da Apple e exige o máximo da sua máquina, os modelos dessa linha são os indicados para você.

Se tiver dúvidas em qual escolher, os sites especializados indicam o MacBook Pro 2017 13 polegadas (sem Touch Bar) como o melhor custo-benefício, mas vale lembrar que tudo depende do que você considera prioridade na hora de comprar um notebook, ok?

3. Qual MacBook você deve comprar?

Independente do equipamento, a escolha de qual MacBook comprar está mais alinhada com as suas necessidades e quanto você está disposto a gastar por ele.

Profissionais que exigem pouco da máquina, não necessariamente precisam de toda a força e capacidade do MacBook Pro de 15 polegadas.

Ou ainda, pessoas que possuem uma máquina melhor equipada e precisam de notebooks apenas em viagens, também não precisam do computador mais robusto da Apple.

Abaixo, você encontra qual modelo melhor se encaixa ao seu estilo de trabalho e como escolher um MacBook perfeito para as suas necessidades.

3.1 MacBook para quem trabalha com edição de imagens e vídeos

Os profissionais que trabalham com imagens e vídeos, como fotógrafos e designers precisam de máquinas que suportem programas como Illustrator, Photoshop, Sketch e Lightroom.

Além dos programas de edição, o MacBook para esse perfil de público precisa de uma boa tela, onde o resultado da imagem seja fiel às cores escolhidas, certo?

Os MacBooks da família Pro são os recomendados para esse tipo de trabalho e quanto maior a tela, mais confortável para esses profissionais.

Se você faz parte desse grupo, o MacBook de 15 polegadas é o mais indicado, mas se quiser economizar um pouquinho e não vê problemas com uma tela reduzida, também pode optar pelo modelo de 13 polegadas.

3.2 MacBook para quem trabalha com documentos e internet.

Usuários que precisam apenas do programas básicos como Word, Excel e Keynote precisam de computadores menos robustos, mas que sejam capazes de lidar com velocidade com muitas abas e pastas abertas.

Se você deseja trabalhar longas horas usando apenas o laptop, recomendo que opte pelos modelos Pro de 15 polegadas. A tela maior faz muita diferença na sua produtividade.

Agora, se você viaja muito, o modelo Pro de 13 polegadas é mais fácil de carregar e, quando estiver na sua estação de trabalho, conecte um monitor para ampliar seu campo de visualização.

A dica aqui para economizar é abrir mão da Touch Bar e investir em um notebook com mais capacidade.

3.3 MacBook para quem gosta de jogos

Geralmente os jogadores preferem telas maiores, teclados adequados para aguentar os toques acelerados e mouses que facilitem a execução dos comandos.

O MacBook, assim como a maioria dos notebooks, pode não ser a máquina mais indicada para essa função, mas se você mesmo assim quiser um modelo da Apple, veja abaixo qual o mais adequado.

Nos últimos anos, a Apple tem se esforçado para tornar seus computadores mais acessíveis aos jogos mais populares, inclusive, já é possível executar jogos do Windows no Mac.

No entanto, mesmo que o MacBook Pro com 15 polegadas tenha as configurações necessárias para rodar a maioria dos jogos, pode ser insuficiente para os gráficos mais avançados.

Já o MacBook e o MacBook Air não atendem o que um jogador assíduo espera da performance da sua máquina.

3.4 MacBook para quem vai estudar.

Na altura desse post, após ler todas as minhas recomendações, você deve apostar que estudantes devem sempre optar pelo MacBook Air, certo?

Errado.

Apesar de ser o modelo que mais se aproxima ao orçamento de um universitário, o MacBook Air pode não aguentar situações mais extremas que surjam ao longo do curso.

Se você tiver a certeza que durante os anos de estudo irá usar apenas programas como o Keynote, Word e Excel, o Air é sem dúvida a opção mais econômica.

Mas se você precisa, eventualmente, de usar o Photoshop, por experiência própria recomendo o modelo MacBook.

3.5 MacBook para programar

Antes de responder essa pergunta, é fundamental saber em quais linguagens você irá programar.

Desenvolvedores back-end, por exemplo, geralmente torcem o nariz para o OS e preferem usar o Windows ou Linux.

Já desenvolvedores front-end precisam de uma melhor resolução de tela e tendem a apreciar a usabilidade do MacBook.

Assim como os designers, os desenvolvedores que escolherem trabalhar com um notebook da Apple devem escolher algum da linha Pro.

4 .Quanto custa um MacBook?

Se você quiser comprar um MacBook novo hoje no Brasil encontrará notebooks na faixa de preço entre 4 600 reais (Air) e 15 300 (Pro com Touch Bar 512).

O MacBook de 12 polegadas, por exemplo, custa aproximadamente 7 000 reais nas lojas brasileiras e todos esses valores podem parecer elevados para maioria dos leitos do nosso site.

No entanto, é inegável que o MacBook é um notebook diferenciado que, além da excelente performance e inovações que melhoram sua usabilidade, traz um design que torna qualquer dono da máquina orgulhoso da sua aquisição.

Para driblar os altos preços, algumas pessoas esperam o lançamento de novos modelos para comprar MacBooks mais antigos ou optam por usados.

Há quem se arrisque e decide comprar o MacBook no exterior, principalmente nos EUA ou até no Paraguai. Em ambos os casos, podem ocorrer implicações com a Receita Federal, mas na maioria dos casos o notebook pode ser apresentado como objeto de uso pessoal, o que não exclui a possibilidade de tributação.

Você pode simular a possível tributação usando o site Tributado.net.

Vale a pena cogitar todas as possibilidades e pensar bem em qual melhor se encaixa para você, afinal, só entendendo suas necessidades é possível descobrir qual modelo comprar e em qual situação. Aqui você encontra uma rápida pesquisa dos melhores preços atualmente.

5. Vale a pena comprar um MacBook usado?

Se você está pensando em comprar um MacBook usado, saiba que a Apple é generosa com suas atualizações e existem máquinas de 2008 recebendo as novas versões do OS.

Em uma rápida pesquisa, é possível ver usuários com notebooks de 7, 8 e até 10 anos funcionando perfeitamente,confirmando a durabilidade que o produto promete.

Quando há defeitos, as reclamações mais comuns são problemas com baterias e com a tela. No entanto, recomendo que antes de comprar um MacBook usado verifique o estado das fontes de energia e adaptadores, ambos costumam ter preços salgados e estragam com mais facilidade.

É válido lembrar que quando a Apple lança uma nova versão para o MacBook, é provável que sua máquina perca um pouco do desempenho, mas nada que comprometa o seu uso.

Em resumo, dizer se vale a pena comprar um MacBook usado ou não é bastante relativo. Depende do ano, do estado de conservação e do preço. Mas no geral, as máquinas da Apple possuem longa duração.

Com todas essas informações em mãos, já é possível escolher o seu MacBook com segurança e sem ficar perdido no meio de tantas opções que a Apple oferece.

Se você tiver alguma dúvida sobre o tema ou quer compartilhar suas experiências com o MacBook, use nossa caixa de comentários.

Avalie este artigo:
Share this...
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *